Polícia Civil do Amapá deflagra operação nos 16 municípios e prende 41 pessoas

Presos são investigados ou já condenados pela Justiça por homicídios, tráfico de drogas, roubos e latrocínios.
Por: Weverton Façanha .Colaboradores: Hilda Gualberto

 

 Foto: Philippe Gomes / Secom
Maior número de prisões ocorreu em Macapá, Santana, Oiapoque e Laranjal do Jari

A Polícia Civil do Amapá prendeu 41 pessoas durante a Operação #P16, nesta quarta-feira, 11, nos 16 municípios do Estado. Os alvos são pessoas investigadas ou já condenadas pela Justiça, envolvidas, principalmente, em homicídios, tráfico de drogas, roubos e latrocínios.

O maior número de prisões ocorreu em Macapá, Santana, Oiapoque e Laranjal do Jari. Dos 41 presos, oito foram em flagrante e 33 decorrentes do cumprimento de mandados judiciais. Também houve apreensão de duas armas de fogo e drogas.

A operação teve a participação de 120 policiais civis, com apoio de 26 viaturas. A força-tarefa foi coordenada pela Delegacia-Geral de Polícia Civil do Amapá. “Essa é a nossa quadragésima sétima operação somente este ano e já conseguimos realizar 1.449 prisões. Isso é o resultado do empenho dos nossos servidores. Vamos continuar trabalhando para garantir a segurança da população”, destacou o delegado-geral, Uberlândio Gomes.

O nome da operação (#P16) foi em virtude de as ações ocorrerem em todas as cidades amapaenses.

GALERIA DE FOTOS
 Créditos:Philippe Gomes / Secom

About the author

Related

Correio Amapaense - aqui a notícia chega primeiro