POLÍCIA CIVIL AUTUA EX-CÔNSUL DA FRANÇA POR CRIME DE FALSA IDENTIDADE

Mesmo depois de destituído do cargo, o investigado continuou se apresentando publicamente e atuando como Cônsul, inclusive, mantendo um escritório, que o denominava “Consulado Honorário”.

 Foto: Polícia Civil
Aviso colocado pelo autuado na porta do escritório onde funcionava o Consulado Honorário.

A Polícia Civil do Amapá autuou Alain Jean Pierre Crais, Ex-Cônsul Honorário da França na cidade de Macapá, em decorrência de ter praticado o crime de falsa identidade, previsto no art. 307, do Código Penal.

O autuado foi Cônsul Honorário da França na cidade de Macapá até o dia 16 de fevereiro de 2018, quando foi destituído do cargo pela Embaixada da França.

A Polícia Civil do Amapá recebeu pedido do Consulado Geral da Embaixada da França no Brasil para que fosse investigado se o Alain Jean continuava atuando como Cônsul Honorário da França na cidade de Macapá.

O delegado Fábio Araújo, responsável pelas investigações, informou que restou comprovado que mesmo depois de destituído do cargo, Alain Jean continuou se apresentando publicamente e atuando como Cônsul, inclusive, mantendo um escritório, que o denominava “Consulado Honorário”.

No mês de março deste ano, o autuado colocou um aviso na porta do escritório onde funcionava o Consulado Honorário informando que as atividades seriam encerradas no mês seguinte.

Em defesa, Alain Jean disse que considerava inválida a sua destituição do cargo, visto que não foi fundamentada em fatos plausíveis.

O autuado foi encaminhado para audiência no Juizado Especial Criminal da Comarca de Macapá, onde responderá pelo crime de falsa identidade.

About the author

Related

WhatsApp chat