GTA resgata mulher de 110 anos em Cutias do Araguari

GTA resgata mulher de 110 anos em Cutias do Araguari

Idosa apresentou problema de saúde em uma das pernas e precisou ser resgatada.
Por: Henrique Borges

 Foto: José Baía
Maria Cordeiro de Sousa foi transportada no helicóptero do Grupo Tático Aéreo de Cutias até Macapá

O Grupamento Tático Aéreo (GTA) da Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp) resgatou na tarde dessa sexta-feira, 16, em Cutias do Araguari, uma senhora de 110 anos de idade que apresentou um grave problema de saúde na perna esquerda. O fato foi um marco para o Amapá, já que não há registro de resgate, por grupamentos operacionais aéreos, de uma pessoa de idade igual ou superior, em todo o Brasil.

O resgate aconteceu por volta das 16h e teve cerca de uma hora e meia de duração. Maria Cordeiro de Sousa é ribeirinha, mora na margem esquerda do Rio Araguari, em Cutias do Araguari. Com 110 anos de idade, a perna esquerda apresentou falta de circulação sanguínea e precisava de atendimento cirúrgico. O enfermeiro Azenil Brito, trabalha no programa Saúde da Família, no município, e acionou o Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciodes) para pedir apoio aéreo.

“A paciente não tinha condições de ser transportada por via terrestre, por conta da gravidade dos ferimentos. Ela tem a pele muito sensível pela idade e apresentou problemas de circulação sanguínea em uma das pernas, sendo assim, foi encaminhada para atendimento cirúrgico na capital”, explicou Brito.

De acordo com o agente de Polícia Civil do GTA, Alan Freitas, o voo aconteceu dentro dos padrões. “Esse tipo de resgate é frequente, o voo foi tranquilo, com a paciente bem estabilizada. A pressão da idosa era estável e com o acompanhamento do enfermeiro não tivemos problemas. O GTA faz a avaliação da ocorrência antes de iniciar o resgate e essa, com certeza, foi uma missão muito gratificante”, concluiu.

A paciente foi encaminhada para o Hospital de Emergência, em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), onde permanece em observação. A equipe do GTA confirmou que esse é um marco histórico de resgate de paciente mais idosa a ser transportada por grupamentos aéreos de segurança pública no Brasil.

About the author

Related

Correio Amapaense - aqui a notícia chega primeiro