POLÍCIA CIVIL CUMPRE MANDADO DE PRISÃO DE INTERNO DO IAPEN ACUSADO DE SER O MANDANTE DA MORTE DO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL

 

 Foto: Polícia Civil do Amapá
Delegada Luiza Maia

Nesta terça-feira, 30, a Polícia Civil do Amapá, através da 2ª Delegacia de Polícia de Santana (2ª DPS), cumpriu o mandado de prisão preventiva de Paulo Brandão da Silva, vulgo “maestro ou paizão”, acusado de ser o mandante do latrocínio que vitimou o policial rodoviário federal aposentado Rubens Silva de Menezes, de 72 anos, morto com um tiro na cabeça na noite de 8 de junho desse ano, na Ilha de Santana.
O acusado, que é interno do Iapen, recebeu voz de prisão na terceira fase da operação Olhos de Vigília, que tem o objetivo de cumprir mandados de prisão e de buscas nas celas de internos envolvidos no crime.
De acordo com a delegada Luiza Maia, que preside o inquérito policial, o acusado, que é membro de uma facção criminosa, deu a ordem para a execução do crime de dentro do Iapen, por telefone.
Essa fase da operação é um trabalho em conjunto da 2ª DPS, CIOP/SEJUSP, CIP e GTP/IAPEN e Polícia Rodoviária Federal.

Por: Assessoria de Comunicação

About the author

Related

Correio Amapaense - aqui a notícia chega primeiro