Operação Papai Noel reduz número de roubos em Macapá e Santana

Dados apresentados pela Polícia Militar são referentes aos primeiros 15 dias da operação que envolve mais de 190 militares por dia.

 Foto: Maksuel Martins / Secom
Equipes estão distribuídas em pontos estratégicos, onde há grande circulação de pessoas e dinheiro

A Polícia Militar do Amapá (PM/AP) divulgou os primeiros dados relativos à Operação Papai Noel, iniciada no dia 29 de novembro. Até o momento foram 14 armas de fogo apreendidas, 26 foragidos da Justiça capturados, 30 veículos recuperados e redução de 22% nas ocorrências de roubos em Macapá e 12% em Santana. Os números são referentes aos 15 dias iniciais da operação.

Para o comandante geral da PM/AP, coronel Rodolfo Pereira, estes primeiros resultados são reflexo do empenho dos policiais militares que trabalham diuturnamente nas ruas. “É importante frisar que este primeiro o balanço positivo da operação Papai Noel se deve ao comprometimento e profissionalismo dos nossos policiais, que estão na chuva, no sol, ou em qualquer circunstância, preservando e mantendo a paz social”, reconheceu o militar.

Na última segunda-feira, 17, a operação ganhou o reforço 297 soldados que formaram recentemente, depois de aprovados no concurso público realizado pelo governo do Estado. “Os novos militares já estão integrados diretamente nesta operação e só serão deslocados para os batalhões após o dia 6 de janeiro, quando encerra a Operação Papai Noel”, completou o coronel Rodolfo.

O policiamento nesse período das festas de fim de ano ocorre em vários pontos estratégicos da capital Macapá e Santana, onde estão lojas e agências bancárias e há maior concentração de pessoas e dinheiro. A ação também envolve diversos órgãos públicos e privado.

GALERIA DE FOTOS
 Créditos:Maksuel Martins / Secom

About the author

Related

WhatsApp chat